Imagem da postagem

O Papa Francisco ligou, nesta quarta-feira (10), por volta das 12h30, para o Arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes. Durante o telefonema, o pontífice manifestou sua solidariedade ao povo brasileiro e sua proximidade neste momento de pandemia. O Santo Padre enviou ainda uma bênção, assegurando suas orações pela população.

"O papa disse: Diga ao povo do Brasil que não somente rezo por vocês todos, mas também os acompanho sempre, com o coração bem pertinho dos brasileiros. Ele afirmou ainda que está pensando em todos os brasileiros. Não somente em nós cristãos, mas como nação. O papa também recordou que ontem nós celebramos o dia de São José de Anchieta, que ele canonizou e que marcou tanto também a vida dos brasileiros", conta o arcebispo de Aparecida, Dom Orlando Brandes.

Na conversa, Francisco recordou ainda a imagem de Nossa Senhora Aparecida que foi entronizada nos Jardins Vaticanos em setembro de 2016. O pontífice também convidou os brasileiros a estarem "no colo da Mãezinha Aparecida".

"Ele disse: a imagem de Nossa Senhora Aparecida está bem pertinho de mim", descreve. "E relembrou: eu me lembro que peguei Nossa Senhora no meu colo, a Madonnina, que quer dizer, mãezinha. Recomendo a todos vocês estarem no colo da Mãezinha Aparecida", comenta Dom Orlando citando as palavras do pontífice.

Desde o início da pandemia, o pontífice tem se mostrado preocupado com o Brasil. Em 25 de abril, também por telefone, o papa conversou com o arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner. No dia 09 de maio, foi a vez do arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer, receber a ligação do Santo Padre.

"Com esses três telefonemas e de repente outros, o nosso Papa deixar o seu coração palpitar bem pertinho do nosso coração", explica o arcebispo de Aparecida.

Ainda durante o telefonema, Francisco recordou que sua ligação com Aparecida vem de longa data. Jorge Mario Bergoglio esteve como cardeal no Santuário da Padroeira do Brasil em 2007, durante a V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano. Depois de sua eleição pontifícia, o já Papa Francisco fez questão de marcar presença na Basílica de Aparecida em sua primeira Viagem Apostólica fora da Itália, em 2013, que teve o Brasil como destino. Durante sua visita, o pontífice consagrou seu pontificado e a Jornada Mundial da Juventude à Padroeira.

"Ele recordou que esteve aqui em 2013 e que aqui esteve em 2007 com a Conferência de Aparecida, da qual também participei. Ele também pediu, de nossa parte, que também rezássemos por ele", detalha Dom Orlando.

Antes de desligar, Francisco ainda encorajou os brasileiros a terem "coragem e esperança", pois "somos pessoas de fé". O pontífice ainda concedeu sua Bênção Apostólica ao povo brasileiro, demonstrando ainda mais sua proximidade com a população.

"O papa pediu para que eu pudesse dar a bênção ao povo brasileiro. Então quero transmitir a todos vocês, por intercessão de Nossa Senhora Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil a bênção, o carinho e a gentileza do papa em nos querer tanto bem e nos acompanha como um pai", afirmou Dom Orlando.

A proximidade do Santo Padre também se manifestou em 2017, quando foram celebrados os 300 anos do encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida. Na ocasião, Francisco enviou ao Santuário Nacional uma Rosa de Ouro. O presente é dado aos papas para demonstrar a predileção do pontífice por personalidades e Santuários insignes.

Texto: Victor Hugo Barros/ Santuário Nacional

Foto: Thiago Leon