Imagem da postagem

A Romaria do Terço dos Homens, maior peregrinação acolhida anualmente pelo Santuário Nacional, deve atrair milhares de homens à Aparecida, de 14 a 16 de fevereiro. Neste ano, a programação foi estendida, passando a contar com três dias de atividades e não mais dois, como nas edições anteriores. Além das orações, o encontro quer promover a caridade entre os grupos, com a doação de alimentos não perecíveis para as instituições de caridade auxiliadas pela Arquidiocese de Aparecida.

A programação se inicia na sexta-feira (14), com a Missa de Abertura, celebrada no Altar Central da Basílica Nova às 20h. Logo após, uma Procissão Luminosa pela Passarela segue até a Basílica Velha, onde acontece uma adoração campal ao Santíssimo Sacramento. Até às 0h, uma vigília reúne os grupos em oração no local. Após esse horário, tem início outra vigília ao longo de toda a noite na Capela do Santíssimo do Santuário Nacional.

No sábado (15), a programação começa cedo com a Missa Solene, considerada a principal da Romaria, às 7h30. Para acolher o grande número de fiéis, a celebração acontece do lado externo da Basílica Nova, na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider. No mesmo dia, às 13h, no Altar Central da Basílica, homens testemunham suas vivências de fé a partir da oração do Rosário. O momento prepara os participantes para a oração do Terço Solene, às 13h45, no mesmo local. A tradicional Consagração à Nossa Senhora Aparecida, às 15h, encerra as atividades da tarde de sábado.

Já no período da noite, às 19h, uma Procissão Luminosa vai percorrer os pátios da Basílica, saindo da Tribuna Papa Bento XVI, em direção à Tribuna Dom Aloísio Lorscheider. No local, acontece um show às 20h.

No domingo (16), a programação chega ao fim. Às 06h45, acontece um momento de formação no Altar Central. A atividade prepara os fiéis para a Missa de Encerramento, às 08h, no interior da Basílica Nacional. Às 9h, na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider, o programa Terra da Padroeira será transmitido ao vivo pela TV Aparecida, com programação especialmente dedicada aos homens do terço.

Gesto concreto – Além das atividades religiosas, neste ano, os participantes da peregrinação são convidados a participar do gesto concreto da Romaria, doando alimentos não perecíveis. A ação vai beneficiar 15 obras sociais que recebem auxílio da Arquidiocese de Aparecida.

“A coordenação do Terço dos Homens, há alguns anos atrás, tem afirmado que não basta rezar, é preciso agir. E a ação solidária é uma forma de darmos nossa contribuição concreta de amor aos mais necessitados”, destaca o Irmão João Batista de Viveiros, um dos animadores e articuladores da Romaria.

Terço dos Homens – A Romaria do Terço dos Homens é uma das maiores acolhidas pelo Santuário Nacional ao longo do ano. Em 2019, mais de 78 mil homens registraram sua participação nos dias do encontro.

“O Terço dos Homens, que está acontecendo de maneira tão maravilhosa neste Brasil, é um movimento de iniciativa do laicato, com o apoio entusiasta do clero, dos bispos e diáconos da Igreja. O Terço dos Homens é uma bênção para a Igreja, uma bênção para a família”, ressalta Dom Gil.

O movimento, que iniciou tímido há alguns anos no Brasil, ganhou força com o passar do tempo. Atualmente, todos os estados brasileiros possuem grupos de homens dedicados à oração do rosário mariano. De acordo com Dom Gil Antônio Moreira, Arcebispo de Juiz de Fora (MG) e Referencial para o Terço dos Homens, já são mais de um milhão e quinhentos mil homens rezando o terço.

Texto: Victor Hugo Barros / Foto: Thiago Leon