Imagem da postagem

Estamos no mês da Bíblia, período em que se busca de maneira especial desenvolver o conhecimento da Palavra de Deus e sua aplicação na vida cotidiana, tempo de redescobrir o contato pessoal e comunitário com a Palavra como lugar privilegiado de encontro com o Deus Uno e Trino.

O mundo tem sede da verdade, e esta Verdade que é o caminho e a vida (cf. Jo 14,6) ajuda, guia e impulsiona o sentido do homem em todos os aspectos da vida.  Jesus Cristo é esta Verdade contida na Palavra, que nos ensina a escutar sua voz em meios a tantas realidades e vozes do nosso tempo.

O povo de Deus precisa estar familiarizado com a Palavra de Deus e com o Deus da Palavra (cf. Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil: 2015-2019, n.50).

Em vista dos desafios pastorais, nossa Arquidiocese de Aparecida assumiu uma nova missão, na qual somos convidados a ir ao encontro dos irmãos em suas casas, buscando evangelizar não apenas aqueles que são atuantes na comunidade, mas, sobretudo, os que se encontram mais afastados da prática religiosa e da vivência comunitária da fé. Atendendo ao pedido do Papa Francisco para uma Igreja em Saída - Igreja nas casas, nossa Arquidiocese tem como prioridade pastoral a Formação dos Grupos Bíblicos de Reflexão.

O grupo de reflexão é um novo jeito de ser Igreja: Igreja povo de Deus, Igreja nas casas, Igreja doméstica, Igreja da Palavra e Igreja missionária. É uma escola de fé, de catequese permanente, onde quem participa cresce, e quem fala aprende. O Grupo fortalece a fé e se transfigura, participando da Páscoa do Senhor.

Ser comunidade, ser grupo, ser família, ser equipe é um jeito trinitário de viver. Quem acredita na comunidade Trinitária participa dos Grupos Bíblicos de Reflexão, pois possui um espírito comunitário.

Os grupos de reflexão são formados por pessoas que se reúnem para refletir a Palavra de Deus, agora no chão de cada casa. Nesse serviço, a Palavra de Deus sai em missão através dos Grupos Bíblicos de Reflexão. Nesse contato das famílias com a Palavra, cresce o conhecimento e o amor pela Igreja, onde quem ganha são as pastorais, movimentos eclesiais e ministérios. É a Igreja comunidade indo ao encontro da Igreja doméstica.

Para que o novo projeto pastoral chegue ao seu objetivo, Igrejas nas Casas – Grupos de Reflexão, eu, você e toda comunidade, precisamos conhecer, acreditar e criar condições favoráveis para que Palavra de Deus seja o alimento diário e nós, servos dessa Palavra na tarefa da evangelização. Nestes grupos acontece a oração, a reflexão, a ação e a confraternização.

O primeiro passo a ser semeado para criação dos Grupos Bíblicos de Reflexão é a visitação das casas. É o momento que exige muita paciência e dedicação. A visita é um gesto humano e possibilita ir ao encontro do outro e com ele passar um tempo. Nesse tempo, é possível conhecer a realidade que nos cerca, experimentar um pouco da história da vida do próximo, sua fé, seu jeito de ser e de ver o mundo. Visitar é também construir pontes, sendo um sinal de Deus na vida das pessoas.

Jesus visitou muitas casas e beneficiou a muitos com a sua presença; Jesus levou ALEGRIA – Casa do Casamento de Caná, Jesus levou RESTAURAÇÃO – Casa em Cafarnaum, Jesus levou o PERDÃO - Casa de Levi, Jesus levou VIDA – Casa de Jairo, e Jesus levou a PALAVRA - Casa de Marta e Maria. Jesus reza, cria amizade, conhece os nomes, e deixa bem claro o objetivo: Estar com Ele e segui-lo! Esse será o caminho dos Grupos Bíblicos de Reflexão; a escola do DISCIPULADO, onde se aprende e coloca em prática a Palavra.

Meus irmãos e irmãs em Cristo, Deus precisa de cada um de nós, para que Ele habite e faça morada em cada família. O projeto pastoral arquidiocesano - Igreja nas Casas – Grupos Bíblicos de Reflexãoestá sendo semeado e precisa do COMPROMISSO e FIDELIDADE para que cresça e dê frutos. O SIM consciente e perseverante da comunidade será capaz de trazer experiências gratificantes, como:

  • Igreja comunhão e participação,
  • Vida na ação missionária da Igreja,
  • Centralidade da Palavra Deus na vida da comunidade,
  • Diálogo inter-religioso,
  • Restaura a ação profética e solidária dos leigos.

            Para chegar ao objetivo dos Grupos Bíblicos de Reflexão, foi disponível dois livretos para ajudar na formação e nas dúvidas. O projeto de evangelização – Igreja nas Casas – Grupos de Reflexão já está visitando as paróquias e tendo bom êxito por parte das comunidades que o acolhe.

 A partir dos Grupos Bíblicos de Reflexão, anunciaremos e testemunharemos com mais eficácia Jesus Cristo. Como semeadores da boa semente, plantaremos a Palavra nos corações e poderemos ver os frutos do Reino crescer em nossas famílias, comunidades e na sociedade.

Neste mês dedicado a Bíblia, aproveitemos para colocar em prática esta prioridade pastoral – Grupos Bíblicos de Reflexão – em nossas paróquias e comunidades. Por isso, motive, anuncie e propague este projeto de evangelização e deixemo-nos conquistar e converter-nos pela Palavra.

Aprendamos de Maria, a discípula ouvinte e praticante do Evangelho a ouvir com atenção, fé e humildade o que Deus nos fala em sua Palavra, ouvir como discípulo para servir com amor, ardor e entusiasmo missionário.

            Vamos todos juntos, é tempo de missão! Que os Grupos Bíblicos de Reflexão, um jeito acertado de ser Igreja, faça da Palavra de Deus a fonte de vida da comunidade, e sejam resposta corajosa aos desafios do mundo atual. 

            Com a Bíblia na mão e no coração e pé na missão, testemunhamos o Amor Trinitário de um Deus que é comunhão e participação.

            Sintam-se acolhidos para esta nova missão. Deus vos abençoe!

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                         Diácono Fabiano de Almeida Castro